06/05/16

O Pensamento

O pensamento é a manifestação genuína do espírito.   Ele revela o tamanho espiritual do indivíduo. Constitui na maior liberdade que experimenta o homem. “É pelo pensamento que o homem goza de uma liberdade sem limites, porque o pensamento não conhece entraves. Pode-se impedir a sua manifestação, mas não aniquilá-lo”, diz Allan Kardec, em O Livro dos Espíritos, na questão 833.
Não obstante esta liberdade, não está imune o pensamento de interferências e influências. Os próprios espíritos, com quem convivemos diariamente, podem influenciar nos pensamentos. Conforme Kardec, essa influência pode ser muito maior do que o indivíduo imagina. Na questão 461, de O Livro dos Espíritos, esclarece que “Quando um pensamento vos é sugerido, tendes a impressão que alguém vos fala. Geralmente, os pensamentos  próprios  são os que acodem em primeiro lugar”.
 
Léon Denis, em O problema do Ser, do Destino e da Dor, destaca importante aspecto do pensamento: “O pensamento é criador. Não atua somente em roda de nós, influenciando nossos semelhantes para o bem ou para o mal; atua principalmente em nós”. Esclarece que, “mais cedo ou mais tarde todo o produto do espírito reverte para seu autor com suas consequências, acarretando-lhe sofrimento, uma diminuição, uma privação de liberdade, ou, então, satisfações íntimas, uma elevação do ser.” 
O pensamento, portanto, não está restrito ao campo da abstração, podendo se concretizar conforme a vontade, a força e o propósito dos indivíduos. “Quando se diz que um médico cura um paciente com boas palavras, estamos expondo uma verdade absoluta, pois o pensamento benfazejo traz consigo fluidos reparadores que atuam sobre o físico tanto quanto o moral, explica Allan Kardec, em A Gênese.

O que se diz sobre o pensamento: 

"O que somos é consequência do que pensamos". -Buda

"A maioria pensa com a sensibilidade, e eu sinto com o pensamento. Para o homem vulgar, sentir é viver e pensar é saber viver. Para mim, pensar é viver e sentir não é mais que o alimento de pensar". - Fernando Pessoa

"Não existe o bom ou o mau; é o pensamento que os faz assim". - William Shakespeare 




Nenhum comentário:

Postar um comentário