12/09/12

Votos garantidos

Grande incerteza deve acompanhar os candidatos neste período. Apoio de lá e de cá, garantias e mais garantias. Porém, tudo é incerto. Somente quando os votos forem efetivamente lançados é que saberão, enfim, como foi o desempenho. Alguns sentirão o amargo gosto da reprovação e outros colherão os louros do acolhimento popular.
O otimismo parece ser a grande sacada. Pergunte a um candidato como está a campanha. A resposta, quase sempre, é de que ela está cada vez melhor. Se a campanha está tão boa para tanta gente, há, com certeza, muitos candidatos a uma vaga na Câmara Municipal fazendo a leitura errada do jogo eleitoral. Ou é uma estratégia discursiva visando afastar o desânimo.
Certa feita um candidato a vereador, numa pequena cidade onde todos se conhecem, resolveu anotar os nomes de todos os eleitores que manifestavam interesse em levá-lo à Câmara. Sempre que o questionavam sobre o andamento dos trabalhos na busca do voto popular, tirava do bolso da jaqueta um caderninho com centenas de nomes rabiscados, organizados com esmero. Estavam divididos por bairro, por linha, em ordem alfabética. Como todo o levantamento tem uma margem de erro, dizia o candidato que até aquele momento já dispunha da certeza de contar com tantos votos. No entanto, ressaltava que por uma imprecisão qualquer, o número bem que poderia superar a marca.
Ocorreu o que só ocorre com os ingênuos. O pobre homem constatou quando as antigas urnas de lona foram abertas e os votos escrutinados um fenômeno de desaparecimento do apoio popular ao candidato. Seus mais de setecentos votos, contadinhos um a um, sumiram. Na hora da contagem restaram pouco mais de 10% disso.  O candidato preterido tornou-se um homem arredio. Caminhava pelas ruelas da cidade com a cabeça baixa. Sentia vergonha. Sentia-se traído. Não aceitava que as pessoas tinham a capacidade de garantir o voto e depois trocá-lo por outro qualquer.
Não conseguia entender, de forma alguma, que as garantias de apoio, os tapinhas nas costas e as juras de votos de alguns dias antes tenham sido frustradas na hora da votação. Nunca entendeu que o seu método de pesquisa é que estava errado. Sua ingenuidade fez escola na pequena cidade. Os candidatos locais bem sabem que promessa é só promessa. Voto garantido é somente aquele que aparece contabilizado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário